Como separar uma briga de cachorros?

Como separar uma briga de cachorros?

Como separar uma briga de cachorros?

O primeiro passo é manter a calma e saber como evitar essa confusão
Não é raro um cachorro ameaçar o outro, principalmente quando tem instinto de cão de guarda e territorialista. Cães bravos , principalmente, devem ser mantidos

na coleira e se necessário na focinheira sempre que tiver contato com outros animais. Apesar de às vezes parecer que o pet está apenas brincando, na verdade costuma

ser uma briga de cachorro e pode terminar em feridos.

Cães bravos devem andar de coleira e focinheira para evitar brigas

Cães bravos devem andar de coleira e focinheira para evitar brigas
Mas se isso acontecer o tutor deve manter a calma e tentar tranquilizar também os envolvidos na briga de cachorro . É importante garantir que nenhum deles saiam

machucados e tentar evitar esse acontecimento em outros passeios.

O que fazer para separá-los?
Normalmente quando estão brigando, os cães ficam com os músculos enrigecidos e uma expressão nada agradável, é nesse momento que ele irá atacar. Com certeza

colocar a mão, o braço ou envolver-se fisicamente na briga é a última opção nessa hora.

O principal é distraí-los, com barulhos agudos ou com comida, por exemplo. Chamar atenção deles é mais importante do que tentar intervir. Até pelo fato de a pessoa

correr risco de ser mordida ou atacada também.

Evite movimentos bruscos, como puxar a coleira do pet. Isso só vai deixá-lo mais irritado e agressivo. Procure bater duas panelas, chacoalhar um cofrinho de moedas ou

bater palmas bem alto.

+A importância da socialização para os animais

O ideal para separar briga de cachorro é não se envolver fisicamente
Reprodução/ Redes Sociais
O ideal para separar briga de cachorro é não se envolver fisicamente
Colocar um obstáculo entre eles também é uma boa opção, principalmente quando impede o contato visual. Pode ser um pedaço de papelão, um cobertor, uma toalha

ou uma táboa. Isso vai separá-los pelo menos por alguns segundos e ficará mais fácil de puxar o cão para si.

Se mesmo com essas técnicas os cães não se separarem, é possível puxar o rabo de um deles, mas sempre atento para não machucá-lo. Além disso, ele pode ficar ainda

mais bravo e resolver morder o dono – fato comum entre cachorros grandes e agressivos. Por isso, essa continua sendo a atitude mais arriscada e ao mesmo tempo certeira,

garantindo o término da briga.

Caso o pet em algum momento tenha te mordido, vá imediatamente ao médico tomar vacina de raiva. Mas isso é mais indicado com relação a cães de rua.

+Aprenda como se defender de um ataque de cachorro bravo

 

E depois de separados?
O primeiro passo é tranquilizar o pet e assegurar que ele não teve nenhum ferimento. Se tiver, leve-o no mesmo instante ao médico veterinário. É importante checar se ele não tem um problema de saúde maior. No caso de sangramento faça um curativo rapidamente, para não perder muito sangue.

Evitando brigas
Mais do que saber como separar a briga , é fundamental evitar essa confusão. Quando levar o cão para passear lembre-se de colocar a coleira e, se ele for bravo por natureza, a focinheira é praticamente obrigatória. Além disso, o pet deve ser adestrado para não latir ou ameaças outros animais ou mesmo pessoas.

Link deste artigo: http://canaldopet.ig.com.br/adestramento/dicas/2017-08-15/briga-de-cachorro.html
Fonte: Canal do Pet – iG @ http://canaldopet.ig.com.br/adestramento/dicas/2017-08-15/briga-de-cachorro.html

 

Veja também

[/vc_column][/vc_row]